Autismo e Tangram - Atividade Pedagógica


A filosofia do tangram é que um todo é divisível em partes, as quais podem ser reorganizadas num todo, como a própria concepção de Malba Tahan sobre a matemática. Podemos dizer que o autismo também se assemelha com esta regra do tangram, que devemos conhecer todas as particularidades (partes) da pessoa com autismo, para entendê-lo como um todo seguindo a regra do respeito.

O Tangram, usado nas Escolas é um quebra-cabeça chinês, de origem milenar, o nome original é Tch’ i Tch’ iao Pan, que significa as sete tábuas da argúcia ( ou também as sete tábuas da sabedoria). Este quebra-cabeça é formado por apenas sete peças com formas geométricas resultante da decomposição de um quadrado, são elas:

2 triângulos grandes, 2 triângulos pequenos, 1 triângulo médio, 1 quadrado,
1 paralelogramo

Com essas peças é possível criar e montar cerca de 1700 figuras entre animais, plantas, pessoas, objetos, letras, números, figuras geométricas entre outras. Obedecendo a regra que é usar as sete peças em qualquer montagem de reprodução de figuras, apresentadas em silhueta, utilizando as sete peças, colocando-as lado a lado sem sobreposição.




O Tangram é extremamente eficiente para o desenvolvimento do raciocínio lógico e geométrico, principalmente no que se refere às relações espaciais. Também desenvolve a coordenação motora fina.

Vamos aprender como fazer o Tangram.

1-Desenhe um quadrado com 10 cm de lado em uma cartolina ou papel cartão




2. Trace uma das diagonais do quadrado e o segmento de reta que une os pontos médios de dois lados consecutivos do quadrado; este segmento deve ser paralelo à diagonal que acabou de ser traçada. Como mostra a figura.


3. Desenhe a outra diagonal do quadrado até à segunda linha.




4. Trace o segmento de reta conforme a figura. Observe que este segmento é paralelo a dois lados do quadrado.

5. Trace o segmento de reta conforme a figura. Observe que este segmento é paralelo a uma das diagonais do quadrado.



6. Pronto, Você tem o molde do tangram, basta recorta as peças.



Agora que você aprendeu como confeccionar o tangram, use o molde para montar várias figuras que você acha que é interessante, sugestão: figuras de animais, pessoas, casas, barco, etc.
Consulte site que trabalham com tangram para adquirir modelos de figuras.


O grande diferencial desta postagem Autismo e tangram é usar essas peças em relevo e para isso usei o Eva com espessura maior, fiz moldes em papel couro ( pode ser usado o papelão) e colei o Eva nos dois lados do papel couro.

Essas peças vão ser usadas como encaixe, fiz uma base com Eva para cada figura (ver figuras ao lado). Como você pode observar foi usado só duas cores para evitar desatenção.




Este modelo de atividade com encaixes facilita muito o trabalho, principalmente com quem tem dificuldades na coordenação motora. Dentro do molde tem o lugar identificado para cada peça que intuitivamente leva a pessoa a fazer a atividade. Para cada nível de aprendizagem do aluno use o grau de dificuldade adequado.


Experimente fazer seu material, aplique com seu filho/aluno/paciente. Depois compartilhe conosco os resultados alcançados. Boa sorte!
Por Joaquim Melo.

2 comentários:

  1. Olá!!!

    As dicas das atividades são ótimas, vale ressaltar o diferencial na aplicabilidade para aluns autistas. Gostei!!!!!

    ResponderExcluir
  2. GELSON DE JESUS DOS SANTOS1 de abril de 2012 21:54

    OLÁ!

    ACHO QUE O NÍVEL DESSA ATIVIDADE CABE A CRIANÇAS AUTISTAS FUNCIONAIS,TODA E QUALQUER ATIVIDADE TEM QUE PARTIR DO COTIDIANO DELE, NÃO IMAGES QUE VEM PRONTAS NO QUEBRA CABEÇA, MAS SIM, DO AMBIENTE ESCOLAR,DE ALGO QUE ELE GOSTE, AMIGOS, PESSOAS DO CONVIVIO QUE ELE APRESENTA VÍNCULOS... ASSIM, PROPOR UM JOGO DE ENCAIXE TORNA-SE REAL E PRAZEROSO, UM JOGO DA MEMÓRIA COM MOVEIS DO QUARTO, DA SALA OU DO AMBIENTE QUE ELE MAIS GOSTA. AS ATIVIDADES BEM ELABORADAS E SIMPLES DÃO SEGURANÇA PARA AS CRIANÇAS AUTISTAS DESENVOLVEREM A PROXIMA ATIVIDADE, PENSEM NISSO!

    GELSON DE JESUS DOS SANTOS
    BIÓLOGO / PEDAGOGO
    gelson_pos@hotmail.com

    ResponderExcluir